Conta suspensa: Hytalo se destaca em estreia do "MasterChef Junior"

Olá, internautas

Nesta terça-feira (20/10), a Rede Bandeirantes estreou “MasterChef Junior”, versão que reúne crianças de 9 a 13 anos. Os jurados do programa “adulto” continuam os mesmos. Porém, Erick Jacquin, Henrique Fogaça e Paola Carosella aparecem com uma postura “fofa”. Tom correto diante da turma de competidores. Porém, não podem ficar abobalhados. Criança logo percebe o tom artificial. E estas do século XXI, principalmente....

É espantoso ver crianças na cozinha preparando carne de javali, massas artesanais, entre outros quitutes. Eu mal sei fazer miojo e fritar um ovo.... Aliás, quando criança, minha mãe não deixava ficar perto do fogão. Panela de pressão, jamais.   

O maior inconveniente do “MasterChef Junior” recai no horário de exibição. Terminar por volta da 1 da manhã? Se já na versão adulta o horário é um grande empecilho para os telespectadores, imaginem para as crianças acompanharem a disputa. Nesta estreia, a Band esticou “A Prévia” com o vice Raul até 22h50. Poderiam perfeitamente ter começado a partir das 22h30 e terminar à meia-noite.  A Band se lambuza no sucesso do reality.  Esticam. Retarda o início...

Mesmo assim, o primeiro episódio registrou 6 pontos de média. Nada mal. “A Liga” alcançava 3 pontos nesta faixa. 

Hytalo foi o competidor que mais se destacou no reality. Com seu ar espirituoso, chamou a  atenção dos telespectador. Menino carismático e “sapeca” (adjetivo do século XX... Rs...). Porém, já foi eliminado logo de cara. Esperamos a repescagem.

E se ele já aprontou no “MasterChef”, o garoto parece bem à vontade no Twitter.  Alguns invejosos falaram mal do menino na rede social, mas ele não ficou cabisbaixo. Disparou contra os internautas do mal e disse que é “rei”. Tanta confusão gerou a suspensão da conta no microblog. Percebi isso agora às 21 horas. De manhã, até trocamos uma mensagem.

"MasterChef Junior" traz crianças à frente da TV, fato raro nos dias atuais.

Fabio Maksymczuk



Escrito por Fabio TV às 21h07
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


"Além do Tempo" encanta telespectador com primeira fase

Olá, internautas

Nesta semana, chega ao fim a primeira temporada de “Além do Tempo”. A novela de Elizabeth Jhin encantou o telespectador com uma história delicada e, ao mesmo tempo, pulsante. A direção de Rogério Gomes  também é um elemento fundamental que contribuiu para o sucesso da novela das seis da TV Globo. Papinha apostou em uma direção leve e não pesada, como ocorre em algumas tramas de época.

Seguem brevemente os pontos positivos e negativo desta fase (o balanço final será divulgado no término da novela):

Irene Ravache: maior destaque desta primeira fase. A atriz humanizou a Condessa Vitória. Poderia cair no estereótipo de vilã. Porém, a experiência da atriz permitiu que trilhasse um caminho interessante para a personagem.

Rafael Cardoso: ótimo ator que já conquistou bons trabalhos no cinema e na TV (A Vida da Gente). Vive uma boa fase ao dar vida ao Conde Felipe. Mocinho que arrebatou a torcida do público.


Rômulo Estrela: ator que ganhou uma boa oportunidade para mostrar o seu talento com o cafajeste Roberto. Um dos destaques de “Além do Tempo”. E o principal: não tem uma imagem desgastada no vídeo.

Alinne Moraes: o telespectador já estava com saudades da atriz. Sempre competente, Alinne conseguiu envolver o telespectador com a mocinha Lívia.

PONTO NEGATIVO

Música de abertura: “Além do Tempo” é uma novela delicada com uma direção que contempla a beleza. Porém, a música de abertura destoa desse clima. Bruta demais para esta primeira fase.

Fabio Maksymczuk



Escrito por Fabio TV às 21h06
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


"Bake Off Brasil" termina com resultado positivo

Olá, internautas

Neste sábado (17/10), chegou ao fim a primeira temporada de “Bake Off Brasil”. Samira sagrou-se a vencedora da competição. Vitória merecida. Desde o início, a muçulmana chamou a atenção pela competência.

O reality também contou com a judia Marilia que também chegou à grande final. Religiões em conflito no Oriente Médio, mas que vivem em harmonia no Brasil e também na disputa do SBT. Ayrton foi o terceiro finalista. O rapaz sempre alternou ótimos (principalmente nas provas técnicas) e constrangedores momentos em um mesmo episódio.

Carolina Fiorentino e Fabrizio Fasano Jr. tiveram o senso de justiça e acertaram em cheio na escolha dos finalistas. Samira, Marilia e Ayrton eram, de fato, os melhores da turma. Já Michael, que prometia ser um candidato carismático, mostrou uma postura “chatonilda”. Ayrton ganhou a alcunha de rapaz simpático e vibrante.

Atenção, confeiteiros! Ticiana Villas Boas aparece como o grande destaque da primeira temporada. Carismática e natural, a apresentadora soube conduzir o “Bake Off Brasil”. Além disso, o figurino da jornalista estava adequado dentro da proposta do reality.  Graciosa.


O programa fugiu de polêmicas e barracos. Focou exclusivamente na competição. Ponto positivo. O clima rural e as cores suaves do estúdio fortaleceram o bom clima. E o mais importante: conquistou uma identidade própria. Comparações fiacarm para trás.

O ponto negativo recai na dupla dos jurados. Fabrizio incorporou um personagem ao destilar o veneno nos confeiteiros amadores. Não convenceu. E tal premissa ficou evidente com a participação de Carlos Bertolazzi. No momento em que o chef do “Cozinha Sob Pressão” ficou responsável pelas críticas ácidas, Fasano surgiu muito mais natural no vídeo. Além disso, Fabrizio e Carolina não demonstraram um bom entrosamento. Apesar disso, como já mencionado, acertaram na decisão dos finalistas. Ao contrário do badalado “MasterChef Brasil” que nesta segunda temporada apostou em uma decisão entre coadjuvantes.

“Bake Off Brasil” terminou com resultado positivo. Que venha a segunda temporada!

Fabio Maksymczuk



Escrito por Fabio TV às 22h55
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


Fofocas de Fabiola Reipert derrotam propaganda oficial do Vídeo Show

Olá, internautas

“O Vídeo Show” continua a causar dor de cabeça aos executivos da TV Globo. O programa vespertino derruba os índices da emissora e atualmente sofre uma histórica série de derrotas para o quadro “A Hora da Venenosa” do “Balanço Geral”.

Fabiola Reipert, conhecida também por Cobriola, é a responsável pela liderança nos índices de audiência para a Rede Record. A jornalista revela o “mundo pantanoso” das celebridades, várias integrantes da emissora platinada. Ela destila o seu veneno ao lado dos também jornalistas Reinaldo Gottino e Renato Lombardi, mais conhecido por “Lomby”.

Por outro lado, o “Vídeo Show” não consegue sair da aura de “propaganda oficial” da TV Globo. O programa serve para alavancar outras atrações da casa, especialmente as novelas. Até neste aspecto, o vespertino sofre com a má fase de “A Regra do Jogo”, que deveria ser a principal atração do canal.

Somado a tudo isso, ainda tem o desempenho de Monica Iozzi e Otaviano Costa na bancada.  Otaviano surgiu como um salvador, após a má performance de Zeca Camargo. Otaviano já tinha sido apresentador com algum destaque na Band, após a saída de Luciano Huck. Porém, “Ota” também angariou rejeição de uma parcela dos telespectadores, em virtude do seu estilo “exagerado de ser” e artificial no vídeo.

“Vídeo Show” tenta apostar no "lado A". Já Fabíola, com a cobra Judite a tiracolo, aposta no lado podre das celebridades.  

Fabio Maksymczuk



Escrito por Fabio TV às 22h51
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


TV Cultura e VIVA valorizam ícones da dramaturgia brasileira

Olá, internautas

De uns tempos para cá, a memória dramatúrgica é fortalecida em programas especiais na TV Cultura e VIVA. No canal pago da Globosat, profissionais que fizeram história na TV Globo ganharam destaque em “Damas da TV” e “Grandes Atores”.

Atrizes e atores contaram um pouco sobre a trajetória artística. Os perrengues do início a personagens de repercussão nacional. Ana Rosa, Aracy Balabanian, Arlete Salles, Betty Faria, Débora Duarte, Eva Wilma, Fernanda Montenegro, Glória Menezes, Glória Pires, Irene Ravache, Joana Fomm, Laura Cardoso, Marieta Severo, Marília Pera, Nathalia Timberg, Nicette Bruno, Nívea Maria, Regina Duarte, Renata Sorrah, Rosamaria Murtinho, Ruth de Souza, Susana Vieira e Yoná Magalhães deram depoimentos que já entraram para o arquivo histórico da TV brasileira.

Já entre os homens figuraram Antonio Fagundes, Ary Fontoura,Cássio Gabus Mendes, Edson Celulari, Francisco Cuoco, Herson Capri, Juca de Oliveira, José Mayer, Lázaro Ramos, Lima Duarte, Luis Gustavo, Marcelo Serrado, Marco Nanini, Marcos Palmeira, Mateus Solano, Mauro Mendonça, Ney Latorraca, Miguel Falabella, Milton Gonçalves, Murilo Benício, Osmar Prado, Reginaldo Faria, Reynaldo Gianecchini, Tarcísio Meira, Thiago Lacerda e Tony Ramos.

Agora, neste ano, a TV Cultura seguiu o mesmo caminho com uma proposta um pouco diferente. É o “Persona em Foco” apresentado por Atilio Bari. Atores e atrizes que trilharam o caminho do sucesso na dramaturgia ocupam o centro do palco. Outros colegas de profissão e também estudantes de artes cênicas completam a arena. O entrevistado ou entrevistada sempre passa alguma mensagem aos principiantes. Depoimentos gravados de outros profissionais da área e colegas de coxia também são levados ao ar. É um bate-papo enriquecedor aos jovens e também ao público. Aqui, a carreira no teatro é mais valorizada. Sergio Mamberti, Rosamaria Murtinho, Stênio Garcia, Miriam Mehler e Etty Fraser já prestigiaram a atração.

TV Cultura e VIVA valorizam a história dos profissionais que constroem a história da dramaturgia brasileira.

Fabio Maksymczuk



Escrito por Fabio TV às 20h53
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


FABIOTV no teatro: Claudia Raia festeja 30 anos de carreira com musical

Olá, internautas

Neste domingo (11/10), fui ao Theatro Net aqui em São Paulo para acompanhar “Raia 30 – O Musical”. Ainda não conhecia esse teatro que fica localizado no Shopping Vila Olímpia. Eu, particularmente, gosto das instalações culturais sediadas em complexos comerciais.

Fiquei na primeira fileira e praticamente colado ao palco. Tive a oportunidade de ver, in loco, mais uma vez, as famosas pernas da atriz (e também outras partes de trás, digamos assim...). Corpo em forma. Jovial. Mulherão.

O espetáculo festeja os 30 anos de carreira da atriz. Teatro em revista ganhou um amplo espaço na montagem. Particularmente, achei excessiva esta parte no roteiro. Raia teve uma passagem importante em Buenos Aires. Neste bloco, até furei uma bexiga no seio de uma dançarina... Elas descem na plateia para interagir com o público... Se é que vocês me entendem... Rs....

A trajetória na TV ficou restrita basicamente ao humorístico de Jô Soares, Roque Santeiro, Sassaricando e TV Pirata. Ícones dos anos 80. Início da carreira artística televisiva. Em “Roque Santeiro”, Raia salientou que, em grande parte da novela, mostravam apenas a sua bunda no vídeo. O espetáculo enfocou a luta da atriz para sair das nádegas para o rosto.... Pinceladas em diálogos remeteram a outras produções, como Engraçadinha e A Favorita. E só.  Não é uma peça voltada aos telemaníacos que acompanham a trajetória da atriz na TV Globo.

Claudia ainda aproveitou para dar seus pitacos na política. Alfinetou a mulher sapiens e a mandioca de Dilma. "Vivi no PSDB para cair no PT?", indagou Claudia travestida de uma costureira. Sua participação na campanha de Fernando Collor não aparece no musical.

Claudia Raia é uma estrela importante do elenco da emissora da família Marinho. Neste humilde espaço, até já elegemos como melhor atriz do ano por conta de "Ti-Ti-Ti". Possui um currículo extenso em minisséries e novelas da casa. O espetáculo poderia ter enfocado mais este aspecto. Aliás, se enfocaram a trajetória de Claudia antes de 1985, então a carreira supera 30 anos....Mesmo assim, é interessante acompanhar mais uma produção de Miguel Falabella e José Possi Neto.

Ps: Durante o espetáculo, Claudia Raia levou um tombaço. Brincou que poderia ter quebrado quatro dentes... Rs... Com a queda, até rasgou o vestido....

Fabio Maksymczuk



Escrito por Fabio TV às 23h57
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


Odeio ser pobre, sintetiza estreia de "Teresa" no SBT

Olá, internautas

Nesta semana, o SBT estreou “Teresa”, nova novela mexicana que ocupa a grade vespertina da emissora de Silvio Santos. A trama substituirá “Coração Indomável” que conquistou bons índices de audiência.

“Teresa” segue a mesma linha de “Coração Indomável”. Jovens atores galantes. Moças “gatinhas”. A juventude marca o elenco das duas produções. Isso reflete o novo momento da teledramaturgia mexicana.

Em “Teresa”, a protagonista já teve chiliques por morar em um cortiço. “Eu odeio ser pobre”, disparou. “Eu quero deixar de ser pobre”, sentenciou. E quem poderá ajudá-la nesta missão é o advogado Arturo, interpretado por Sebastián Rulli, ator já conhecido dos brasileiros pela sua participação na ótima “Rubi”.

E quem é fã de Ana Brenda Contreras, que vive Maricruz em “Coração Indomável”, não ficará desapontado, já que a atriz interpreta a meiga Aurora em “Teresa”.  Continuará no vídeo.

Nas chamadas exibidas nos intervalos comerciais do SBT, Teresa parecia uma reencarnação de Rubi, mulher também ambiciosa e que faria de tudo para ficar rica.

Nestes capítulos iniciais, Teresa é uma “menina” que ainda não tem aura de vilã, apesar de ter enganado os seus colegas ao fingir ser milionária.

“Teresa” deverá continuar a garantir a vice-liderança folgada ao SBT.   

Fabio Maksymczuk



Escrito por Fabio TV às 21h08
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


"Troca de Família" reforça programação noturna da Record

Olá, internautas

Na última semana, a Rede Record ressuscitou “Troca de Família”, o melhor reality dentro do cardápio oferecido pela emissora. Desta vez, velhos episódios voltam reprisados sob a tutela da querida Chris Flores.

Aparentemente, faltou verba para a produção de uma nova temporada realmente inédita. Mesmo assim, o retorno do reality é melhor que os enlatados norte-americanos que, provavelmente, ocupariam a faixa.

Para dar um toque diferenciado, Chris propõe o reencontro das mães, após alguns anos da gravação. Na semana anterior, Gabriela, mãe paulistana de classe média alta, e Jaqueline, gaúcha de família humilde de Gramado, encararam o desafio do tempo e reapareceram no vídeo.

O episódio originalmente abriu a segunda temporada do reality em 2008 e foi alvo deste espaço. Nesta oportunidade, comentei sobre Ana Paula Tabalipa que tinha se transformado em apresentadora da atração. “Nos primeiros momentos de sua nova investida profissional, a atriz não se mostrou muito à vontade no reality”, ressaltei na época. Por onde anda a atriz? Desde 2010, não faz uma novela....

Diferente de Ana Paula, Chris demonstrou segurança no comando do “Troca de Família”.  Este espaço sempre torce pelo sucesso da jornalista.

Das três estreias (A Fazenda e Batalha dos Confeiteiros Brasil), “Troca de Família” garantiu o melhor desempenho, justamente pela força do reality, mesmo que reprisado.

Fabio Maksymczuk



Escrito por Fabio TV às 21h09
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


"A Fazenda 8" estreia em ritmo de "Fazenda de Verão"

Olá, internautas

A Rede Record estreou recentemente a oitava edição de “A Fazenda”. Nesta temporada, o grande destaque é Roberto Justus. O apresentador sucedeu Britto Jr. que angariou uma expressiva rejeição dos telespectadores.

Justus se esforça para passar uma boa imagem no comando da atração. Foge do estilo carrasco de “O Aprendiz”. Porém, ele não transmite emoção. No momento da eliminação, o grisalho apenas revelou o nome do eliminado. Não criou suspense e nem grande expectativa. Amaral foi o eliminado. Simples assim.  

A Record até tentou testar Rodrigo Faro na apresentação da “Fazenda de Verão”. Não saiu bem. Justus, que deveria ter liderado uma nova edição de “O Aprendiz – Celebridades”, foi remanejado para o novo desafio.

Esta oitava edição carece de nomes fortes junto ao público. Em outras edições, a cota de “desconhecidos” girava em torno de três a quatro nomes. Porém, nesta edição, a maioria dos confinados não chega ao grau de “subcelebridade”.  

Do grupo de conhecidos do público, integram Mara Maravilha, Ovelha, Li Martins (mais conhecida por Patricia do Rouge) e Amaral. Dos parcialmente conhecidos, entram Ana Paula Mineratto, Thiago Servo, Rebeca Gusmão, Rayanne Moraes e Luka Ribeiro (talvez, muitos sequer tenham ouvido falar desses nomes).

Já dos “famosos quem?”, integram Douglas Sampaio (ator de Malhação. Ah tá....) Carla Prata, Marcelo Bimbi, Quelynah Simão,  Eduardo K (ressuscitado), Veridiana Freitas e João Paulo Mantovani.

Por tudo isso, a estreia de “A Fazenda 8” mais parece uma nova edição da Fazenda de Verão. Anônimos encararam a rotina do reality sem sucesso de audiência.

Por outro lado, os não famosos podem pisar o “pé na jaca”. Não há preocupação com a “imagem”. Isso ocorreu na sétima edição do reality.

A Fazenda perde o trunfo do telespectador acompanhar o dia a dia de personalidades que ganham espaço na mídia. 

Fabio Maksymczuk



Escrito por Fabio TV às 23h58
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


Edição atabalhoada compromete estreia de "Batalha dos Confeiteiros Brasil"

Olá, internautas

Nesta quarta-feira (30/09), a Rede Record estreou “Batalha dos Confeiteiros Brasil”. É mais um reality exibido na TV brasileira inserido no mundo da culinária.  Desta vez, o chef “gringo” Buddy Valastro comanda a competição.

“MasterChef Brasil”, na Band, reúne cozinheiros amadores. Já “Cozinha Sob Pressão”, no SBT, aposta em cozinheiros profissionais. Por outro lado, o “Bake Off Brasil”, no SBT, é disputado por confeiteiros amadores. Agora chegou a vez dos confeiteiros profissionais no “Batalha dos Confeiteiros Brasil”.

A estreia rendeu 13 pontos de média para a Rede Record. Mesmo índice conquistado, na última semana, com o pontapé inicial da oitava temporada de “A Fazenda”. Porém, o programa não foi dos melhores em comparação aos similares já acompanhados pelo público.   

A edição passou ar de “atabalhoada”. Misturaram a narrativa da competição com a apresentação dos candidatos. Um pedaço daqui colado ao restante da disputa. Comprometeu a melhor compreensão da narrativa.

E para piorar, é nítida a dublagem de Buddy com os “brazucas”. Mais parece aqueles depoimentos do Emergência 911 ou das Facas Ginsu! Segundo informação veiculada pelo UOL, ocorre tradução simultânea na gravação do reality. Ou seja: um fala em inglês e outro responde em português. E isso é cortado, evidentemente, na edição que fica ainda mais comprometida.

As cores fortes dominam o cenário. O tom vermelho explode na tela. Doma preta. Ao contrário da delicadeza do “Bake Off Brasil” que aposta em cores pastéis.

Além disso, “Batalha dos Confeiteiros Brasil” ocupou o horário de “A Fazenda 8” que, na semana anterior, foi ao ar na faixa das 22h30. Em outras temporadas, o reality de Clébis era exibido neste horário. O telespectador, que aguardava a decisão da Prova do Fazendeiro, teve o seu hábito desrespeitado.  

Fabio Maksymczuk



Escrito por Fabio TV às 17h58
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


FABIOTV na comemoração dos 35 anos do "Mulheres"

Olá, internautas

Na última semana, este espaço sofreu problemas técnicos. Fiquei agoniado! Por isso mesmo, no decorrer dos próximos dias, colocarei em ordem os “posts”, inclusive sobre as estreias de “A Fazenda 8”, “Troca de Família” e “Batalha dos Confeiteiros Brasil”.

Agora, discorrerei sobre “Mulheres” que completou 35 anos. Isso mesmo: 35 anos no ar. É um dos programas mais tradicionais da TV brasileira e o mais importante da programação da TV Gazeta.  

É uma das minhas lembranças televisivas mais afetivas. Minha mãe até hoje é telespectadora assídua do programa que se chamava “Mulheres em Desfile”. Nos anos 80, era um dos femininos mais prestigiados pelo público. Ione Borges e Claudete Troiano formavam uma dupla amistosa e carismática de apresentadoras. Lembro até hoje dos desfiles das modelos. Classe A.

Depois, com as mudanças que afetaram a sociedade no final do século XX, o programa precisou entrar na nova conjuntura social e teve o nome alterado para “Mulheres”.  Tempos depois, Ione e posteriormente Claudete deram adeus ao comando.  Após um período de instabilidade, Cátia assumiu o “Mulheres” e lá está há mais de 13 anos.  E para ajudá-la nesta missão, Mamma Bruschetta é companhia certa da apresentadora.

Nesta fase liderada por Cátia, “Mulheres” ganhou ar de revista eletrônica. O programa aborda de tudo e não somente culinária e fofoca. O jornalismo da TV Gazeta entra a todo instante para manter o telespectador informado. Por isso mesmo, o público masculino também acompanha a atração.


No programa especial, Ione Borges reapareceu no vídeo. Realmente, a eterna parceirinha enfrenta algum problema nas cordas vocais. Leão Lobo, que faz parte da história do Mulheres, também compareceu à festividade. Diversos cantores prestigiaram a comemoração, como Agnado Rayol  (ícone nas gravações no Anhembi),  Amigos do Pagode 90, Péricles, Caju e Castanha, Marquinhos Moura, entre outros.  Depoimentos de famosos também foram levados ao ar, como de Rafael Cortez e Patricia Abravanel.

Durante o especial dos 35 anos, Cátia anunciou que a festa seria prolongada em plena Avenida Paulista, sede da TV Gazeta. Ela e a equipe de confeiteiros brindariam o público com 35 bolos. A verdadeira festa começaria a partir das 17h40.

Não perderia essa por nada. Lá fui eu acompanhar a balbúrdia. Na realidade, o acontecimento iniciou a partir das 17h50. Cheguei ao prédio da Fundação Cásper Líbero por volta das 18 horas. Já percebi, do outro lado da avenida, uma aglomeração. Moradores de rua também participaram da festa, inclusive aquele rapaz que queria conversar com o prefeito Fernando Haddad na inauguração da ciclovia. Uma moradora de rua (jovem de no máximo 16 anos) questionou-me sobre a Cátia. “Quem é aquela mulher? É atriz”?, indagou. Para ela, o importante era pegar mais fatias de bolo para dividir com seus outros amigos que não estavam por lá.

Já outros notaram a movimentação e também quiseram pegar o seu bolo. “Pega lá! É aniversário da TV Gazeta”, disparou um transeunte desavisado.


Eu consegui pegar três fatias!!! Fiquei na aglomeração, como as colegas de trabalho de Silvio Santos que disputam o aviãozinho. Rs... Cátia foi atenciosa com o público. Tirou selfies e mais selfies. Conversava de igual para igual. E ela própria distribuía o bolo. “Riquinho” estava por lá. Fazia reportagens pelo local. Não é uma das pessoas mais carismáticas....

Mamma Bruschetta, que ficou mais “encolhida”, encarou também a festa. Em um momento, vi a “italiana” secando o bolo.... Rs.. Tirei até foto desse momento. Vejam.....(mas ela não comeu...).

Parabéns aos profissionais que constroem diariamente o programa “Mulheres”, um autêntico oásis em meio à programação vespertina por mais de três décadas na TV brasileira.

Fabio Maksymczuk   



Escrito por Fabio TV às 20h43
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


George Sauma se destaca em estreia de "Mister Brau"

Olá, internautas

Na última semana, a TV Globo estreou “Mister Brau”. A nova produção, assinada por Jorge Furtado, substituiu “Tapas & Beijos” que chegou ao derradeiro fim.  A série protagonizada por Fernanda Torres e Andrea Beltrão ficou por cinco longos anos na programação da emissora. Feito incrível para um seriado que pouco acrescentou à memória da TV brasileira. 

E tal percepção é aguçada com a estreia de “Mister Brau”. A série entrou nos lares brasileiros com energia, diversão e leveza. Além disso, os raros atores negros que conquistam espaço e sucesso na teledramaturgia nacional, Lázaro Ramos e Tais Araújo, protagonizam a nova aposta da TV Globo. Ficção e realidade se misturam, já que os dois formam um dos casais mais prestigiados pela mídia de celebridades.  Lázaro parece se divertir ao incorporar o cantor Mister Brau.

Apesar de Lázaro e Tais serem os protagonistas, quem realmente se destacou na estreia foi o ator George Sauma que interpreta o advogado Henrique, casado com a dondoca Andrea (Fernanda de Feitas). Sauma, que fez sucesso em “Toma Lá Dá Cá”, conseguiu incorporar o ar abobalhado do personagem e chamou a atenção neste primeiro episódio. Parece que viverá um amor platônico por Michele.

Como pano de fundo, “Mister Brau” enfocará a aproximação dos negros oriundos da “classe Z” com a elite branca que vive em condomínios fechados.  A quebra do isolamento social deverá permear a produção. Interessante.

“Mister Brau” estreou com boa perspectiva. Personagens cativantes e carismáticos prometem boa diversão ao telespectador. 

Fabio Maksymczuk



Escrito por Fabio TV às 20h59
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


"Verdades Secretas" entra para história da teledramaturgia brasileira

Olá, internautas

Nesta sexta-feira (25/09), chegou ao fim “Verdades Secretas”, mais um sucesso da dupla Walcyr Carrasco e Mauro Mendonça Filho que havia alcançado sucesso com “Amor à Vida”. Depois de alguns anos, a TV Globo conseguiu justificar a criação da faixa da “novela das onze”.

Walcyr criou uma trama densa para um horário que poderia ousar um pouco mais em comparação a uma novela das seis, por exemplo.  Fato que não ocorreu nos remakes que foram contemplados nesta faixa das 23 horas. Cenas ousadas dos atores Rodrigo Lombardi, Reynaldo Gianecchini, Rainer Cadete e Raphael Sander foram levadas ao ar. Gianecchini, principalmente, protagonizou situações eróticas dignas de Cine Privé. Corajoso.


Mesmo com uma história “pesada”, autor e diretor souberam construir os diálogos, acertaram o tom e envolveram o telespectador (até o mais tradicional). Um exemplo que pode simbolizar esse cuidado aconteceu com Bruno (João Vitor Silva). O rapaz ficou apaixonado por Stephanie. Perdeu a virgindade com a moça. O rapaz romântico se viu destruído ao descobrir que a modelo, na verdade, era uma garota de programa paga pelo pai para “ele não ser gay”. Deprimido, o jovem viciou-se em cocaína. Ao mesmo tempo, teve relações homossexuais (tão temidas pelo pai) com o traficante Sam (Felipe de Carolis). No jargão popular, “viado e drogado”. Walcyr e Mendonça Filho tiveram extrema delicadeza ao retratar a história paralela. O jovem ator superou o desafio ao viver o drama do estudante.

O último capítulo foi esplêndido. O telespectador, que estava traumatizado com o encerramento de “Babilônia”, teve a oportunidade de acompanhar desfechos épicos. Suicídio de Carolina. Assassinato à queima-roupa de Alex. Cinismo de Arlete Angel com ar triunfante e dissimulado na Igreja e helicóptero. Walcyr Carrasco é atualmente o melhor autor da TV brasileira. Emenda há muito tempo um sucesso ao outro, desde os tempos de Xica da Silva e Fascinação, na Manchete e SBT, respectivamente.  Mauro Mendonça Filho também ajudou a transformar “Verdades Secretas” em um grande sucesso.


A seguir, seguem os pontos positivos e negativos da novela que entrou para a história da teledramaturgia nacional:

Camila Queiroz: sempre ressaltamos neste espaço a necessidade de buscar novos atores e atrizes. Sair da panelinha de sempre. Dos mesmos esquemas de escalação.  Camila Queiroz teve a oportunidade de conquistar o papel principal da novela e mostrar o seu potencial. Ótimo trabalho desenvolvido pela atriz. O olhar triunfante e dissimulado da jovem nas últimas cenas do último capítulo mostra o envolvimento de Camila com a personagem.  Revelação do ano.

Rodrigo Lombardi: mais um ótimo trabalho do ator ao interpretar o “filho da p#ta” Alex. O ator, que sobressaiu ao viver Raj, em “Caminho das Índias”, reviveu um grande momento em sua carreira ao dar vida ao cafajeste da história. Ao mesmo tempo, Lombardi passou a virilidade do canalha, elemento fundamental do personagem.

Drica Moraes: a atriz voltou a se envolver em uma produção de Walcyr Carrasco e, mais uma vez, destacou-se ao viver a dona de casa Carolina que se viu tragada na conflituosa relação de Alex e da filha Arlete. A escalação de última hora da atriz ajudou a turbinar a novela. Um grande acerto.


Grazi Massafera: a atriz já tinha alcançado bons trabalhos na TV Globo, como em “Flor do Caribe” e até mesmo na estreia de “Páginas da Vida”. Porém, roubou a cena ao interpretar Larissa, uma das modelos ficha rosa de Fanny que foi ao fundo do poço na Cracolândia. Grazi se envolveu com o drama da personagem e ganhou o reconhecimento do telespectador e da crítica. “Verdades Secretas” marca uma virada na carreira da paranaense.

Gabriel Leone: outro jovem ator que ganhou espaço em “Verdades Secretas”. Envolveu o público ao viver Gui, sobrinho de Alex.

Rainer Cadete: o ator já tinha sido um dos destaques de “Amor à Vida” ao interpretar o Dr. Rafael. Encarou pela frente uma personagem totalmente diferente. Deu vida ao “espevitado” Visky. Conseguiu imprimir uma identidade própria ao booker da agência. E o desfecho com Lourdeca (Dida Camero) foi interessante.


Marieta Severo: Marieta é uma das principais atrizes da TV Globo e, mais uma vez, chamou a atenção ao viver Fanny, dona da agência que promovia as modelos ficha rosa. Interpretou com realidade a personagem.

Retrato dos evangélicos: mais uma vez, Walcyr Carrasco fugiu do estereótipo dos evangélicos em “Verdades Secretas”. O mesmo já tinha ocorrido em “Amor à Vida”. E o respeito ocorreu com o missionário Emanoel, vivido pelo ator Álamo Facó, que ajudou a salvar Larissa do mundo das drogas. A emissora precisa construir uma “ponte” com os evangélicos, faixa significativa da atual sociedade brasileira.

PONTO NEGATIVO

Ar estudantil: desde o primeiro capítulo, sempre foi ressaltado, na novela, que Angel e amigos seriam de “menor de idade” e que frequentavam o Ensino Médio em uma escola de elite de São Paulo. Porém, o estilo “colegial” e “de menor” não impregnaram a produção. Os estudantes mais pareciam universitários.

Fabio Maksymczuk

_____________

Ps: nesta semana, o blog FABIOTV não foi atualizado em virtude de problemas técnicos resolvidos somente hoje pela equipe do UOL.  



Escrito por Fabio TV às 17h16
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


"Sensacional" estreia na RedeTV! em clima "mais do mesmo"

Olá, internautas

Neste domingo (20/09), a RedeTV! estreou “Sensacional”. O novo programa comandado por Daniela Albuquerque entra em plena guerra dominical. A primeira-dama da emissora disputa com Eliana e Rodrigo Faro. Dois pesos-pesados. Missão ingrata.

Em um primeiro momento, tentaram convencer o telespectador que Daniela conseguiu o dominical por mérito próprio. Falaram da sua fase estagiária, dificuldades em Mato Grosso do Sul e por aí vai. De acordo com a edição, a então diretora-artística da RedeTV!, Monica Pimentel, foi a grande responsável pela ascensão na carreira da morena.

A pecha “mulher do dono” permanece ainda como principal característica da apresentadora. É válido lembrar que, no SBT, Patricia Abravanel ainda é chamada de “filha do dono”.  Se não tivesse “laços” com os donos das emissoras, Daniela e Patricia teriam amplo espaço na programação?

A estreia do “Sensacional” acrescentou em nada ao telespectador que busca uma opção a Eliana e Rodrigo Faro. A nova aposta da RedeTV! é mais um programa de auditório com quadros já desgastados. Basicamente, a atração se dividiu em três blocos.

Em um primeiro momento, Valesca Popozuda abriu o programa. Até escalaram uma fã em um game. Caso errasse alguma resposta sobre a vida da “diva do funk”, a fã tomaria um choque.  Alguém da produção deve assistir ao Jogo dos Pontinhos com Silvio Santos....Depois, entrou um bloco com visita a uma creche de cachorro. Vestígios de Luisa Mel na RedeTV!. E, por fim, o programa “Sob Medida” se transformou em um quadro com a participação de Fabio Arruda.  O competente cabeleireiro Tiago Aprigio permanece com Daniela. Uma pena que o decorador Caio Bandeira, mais conhecido por “Baiano”, tenha perdido espaço com o encerramento do “Sob Medida”.

É louvável que a RedeTV! invista em produções próprias. Porém, a emissora deveria produzir alguma opção diferente para chamar a atenção do telespectador.

Fabio Maksymczuk 



Escrito por Fabio TV às 23h54
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


TV Globo perde telespectadores no horário nobre

Olá, internautas

A TV brasileira vive um momento peculiar. A TV Globo, que sempre atingia a liderança nos índices de audiência com certa facilidade, agora enfrenta percalços. O fenômeno se acentuou  com o Fantástico há alguns anos.

É verdade que o domingo sempre foi um dia mais favorável ao SBT com Silvio Santos. Porém, “Fantástico” começou a perder audiência e mais audiência, principalmente a partir da década de 2000. A revista eletrônica é um ícone da TV Globo.  Hoje, quando atinge a casa dos 20 pontos, é motivo para se comemorar.

A faixa das 23 horas, pós-Fantástico, é pior. A emissora sempre aposta em atrações e mais atrações que redundam em fracassos históricos. “Tomara que Caia” é só um exemplo. Lembram do “Batendo Ponto”?

Outro ícone que naufraga é o “Vídeo Show”. O programa comandado por Monica Iozzi e Otaviano Costa perde com frequência para o Balanço Geral com o quadro A Hora da Venenosa  liderado por Fabíola Reipert, Reinaldo Gottino e “Lomby”.

De uns tempos para cá, a TV Globo fazia os seus “experimentos” na novela das sete. “Bombas” caíram no colo do telespectador. A faixa horária enfrentou sérios percalços. Depois de ampla rejeição do telespectador, resolveram apostar em novelas mais estruturadas, como “Alto Astral” e “I Love Paraisópolis” que melhoraram a situação. Mesmo assim, longe da casa dos 30 pontos.  Meta já em desuso.

E o inimaginável, até então, aconteceu.  A faixa mais nobre da TV Globo, a atual “novela das nove”, desce a ladeira nos índices de audiência. A emissora resolveu juntar duas tramas com os mesmos ares. “Babilônia” foi um tremendo fracasso. Mesmo com a rejeição do telespectador, a TV Globo apostou em “A Regra do Jogo” que mais parece uma continuação da novela de Gilberto Braga e companhia.  

Diante da queda, a emissora corta as novelas sem cerimônia, o que emite um sinal ao telespectador. “Em Família” e “Babilônia” foram encurtadas. Além disso, a TV Globo resolveu prolongar o Jornal Nacional e empurrar A Regra do Jogo para mais tarde. A novela das oito se transformou em novela das nove que agora tem mais “jeitão” de novela das dez. Tudo para fugir do cajado de Moisés.... O telespectador não é bobo.

Resultado: a novela de João Emanuel Carneiro, que apresenta erros graves na estrutura do enredo, chega a perder a tradicional liderança para “Os Dez Mandamentos”. Fogos de artifício na Record.

Parece que a “gordura” da Globo chegou ao fim. O acúmulo de erros seguidos comprometeu a fidelidade do telespectador.

Fabio Maksymczuk



Escrito por Fabio TV às 21h24
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]
 
 
Sobre o autor
Fabio Maksymczuk de A. Brito é jornalista formado pela Universidade Mackenzie e graduado em Relações Públicas pela USP. Desde 2004, Fabio escreve sobre a TV brasileira no FABIOTV que atualmente integra o UOL Televisão Blogs e Blogs Legais Convidados do UOL.

Sobre o blog
O blog FABIOTV tem por objetivo discutir a programação da TV brasileira. Novelas, realities, programas de auditório, jornalísticos, esportivos e as últimas novidades da mídia eletrônica ganham destaque.

 
Histórico


 
Outros sites